MinC: Conjunto de videos olímpicos

Produzimos uma série de pequenos videos sobre olimpíadas ao longo dos tempos para o Ministério da Cultura. O roteiro foi feito no núcleo Digital do MinC.

Anúncios

Rua J: A morada do ócio / J Street: The home of idleness

  • Subtitles:  english / spanish

“Trancafiados dentro de um condomínio horizontal, sem nenhum dinheiro, sem transporte para o mundo externo mas com muito tempo livre, um grupo de vizinhos faz do ócio um aliado para criar filmes com uma câmera VHS. Rua J trata do microcosmo de uma turma reunida por laços de amizade construídos durante tardes ociosas e por uma afinidade: Amor ao cinema.”

Rua J: A morada do ócio

Documentário, 35 Minutos, Brasília – DF, Julho de 2014
Direção e roteiro: Gustavo Serrate
Produção: Cineasta 81, Vatos Locos Productiones
Direção de fotografia: Gustavo Serrate
Som Direto: Guilherme Serrate, Bruno Falcão
Montagem: Gustavo Serrate, Filipe Gontijo
Tratamento de som: Anikulapo
Still: Guilherme Rosenthal
Trilha Sonora: Banda Dualid, Fernando Mirana (Kalimba), Fábio Miranda (Viola caipira), Sophie Crafts (Acordeon – Tabhair Dom Do Lahm)


http://www.cine81.org

Video-reportagem: Do Xingu para Brasília

Yawat Meynako, the son the chief of an indigenous tribe in the Xingu region of Brazil’s rainforest, travels to the city to study medicine and adjusts to modern society.

Producer: Gustavo Serrate
Location: Brasilia, Brazil
Executive Producer: Storyhunter

Storyhunter helps the world’s top video journalists and documentary filmmakers produce video stories that matter.
Learn more and become a Storyhunter at http://www.storyhunter.tv

Navegando o Rio São Bartolomeu

“Três piratas navagam o rio em busca dos cristáis da cidade de Cristalina e de água pura, mas em seu caminho encontrarão amigos e perigos de um rio que aos poucos está se tornando poluído.”

Assista o video infantil educativo sobre o Rio São Bartolomeu e aprenda mais sobre esta importante bacia hidrográfica se divertindo.
PROJETO RIO SÃO BARTOLOMEU VIVO
Realização: Fundação Banco do Brasil e BNDES
Coordenação de comunicação: Ingrid Silveira
Direção e roteiro: Gustavo Serrate
Co-roteiristas: Mariana Campelo e Rodrigo Huagha
Produção: Ingrid Silveira, Rodrigo Huagha
Direção de arte: Mariana Campelo, Rodrigo Huagha
Montagem e fotografia: Gustavo Anikulapo
Sonorização: Fernando Rodrigues (Sonar Estúdio)
Trilha Sonora: Fábio Miranda (Viola destemperada) e Fernando Rodrigues (percussão)
Narração: Bárbara Sant’anna
Elenco: Bárbara Sant’anna, Ingrid Silveira, Fábio Miranda, Rodrigo Luiz Martins, Gustavo Gontijo, Gustavo Maia
Agradecimentos: Mirian de Castro, Colônia Agrícola Aguilhada, Névio Alarcão, Fazenda Cristo Rei, Guilherme Serrate, Jenny Soares.

Making of

Vida longa ao rio

“Perto da minha casa tem um rio imenso. Mas pouca gente se lembra dele. E quanto mais ele fica esquecido, mais vai morrendo, de pouquinho em pouquinho.”

Assista a segunda parte da série de documentários sobre o Rio São Bartolomeu, que atravessa o Centro Oeste e desemboca no oceano. Conheça o Rio a partir do ponto de vista de algumas comunidades que vivem perto e dependem do Rio para sobreviver. Saiba porque a manutenção das áreas degradadas é tão importante, e como ela afeta a vida de tanta gente.
Coordenação Geral de Comunicação e Mobilização:
Rafael Pinzon
Coordenação de Comunicação:
Ingrid Silveira
Direção e Roteiro:
Gustavo Serrate
Ingrid Silveira
Produção:
Ingrid Silveira
Debora Vaz
Narração:
Julia Kênya do Lago Costa
Captação de som:
Yan Klier
Nilmar Paulo
Animação:
Kelly Costa
Rodrigo Luiz Martins
Edição e audio:
Gustavo Serrate
Ciência e tecnologia
Licença de atribuição Creative Commons (reutilização permitida)

Desdobráveis

Os bastidores do curta-metragem “Desdobrar”, sobre a Cia Nós no Bambu

Corpos, bambus e movimento: assim nasce a Cia Nós No Bambu. Seu repertório de dança acrobática sobre esculturas artesanais de bambu é mais uma faceta que se descerra do imprevisível Circo Contemporâneo. A grandeza velada desta arte peculiar se dá na adaptação constante de tato e força dos intérpretes a este material natural suscetível às variações climáticas. Nove anos de pesquisa, originada no método Integral Bambu, resultam em uma linguagem artística inovadora.

O grande jogo

Os cinco jogos em que o Brasil foi campeão mundial, reunidos em uma única partida de dezesseis minutos.
O grande jogo é sobre o amor ao futebol, sobre garra e coragem.

Brazil was the soccer world champion five times. This video is a collection of the games where Brazil was champion, compiled in a single match. The big game is about love of soccer, about guts and courage.

Os grandes jogos / The big games
1958 – Suécia [sweden]
1962 – Chile
1970 – México
1994 – Estados Unidos [United States]
2002 – Japão/Coreia do Sul [Japan/South Korea]

Alento em branco maior

Direção:
Gustavo Serrate Maia

O homem construiu o ambiente urbano em concreto e agora busca respirar no vazio branco que lhe resta em meio aos edifícios sem cor. Neste cenário, a natureza é só um detalhe: em vermelho, como a vida, ou em azul, como o céu.
Sufocado pela paisagem árida que forjou com descuido e indiferença, o ser humano procura a sensação de liberdade à beira de um espelho d’água que ainda o refresca ou ao lado de outro ser — um amigo, um pássaro, uma flor — que ainda o compreende.
É difícil fazer o simples. Na mostra Alento em Branco Maior, o jovem Helano Stuckert constrói um diálogo eloquente entre os poucos elementos que compõem suas fotografias. Desapego e simplicidade são marcas na vida e na obra deste artista que, ao longo de quatro anos, registrou momentos de intensa solidão e de luminosa esperança nas metrópoles por onde andou.
Escondido atrás da lente, Helano realça a amplidão branca em contraste às duras linhas do concreto, à sombra de grades e muros que aprisionam e à geometria de escadas que parecem levar a lugar nenhum. As pontes não atravessam, os trilhos não andam, as nuvens se mantêm cinzentas, mas o homem insiste em perscrutar caminhos que o conduzam ao mais branco, ao máximo branco, ao alento em branco maior.

SOBRE O ARTISTA
Nascido em Brasília, franco-brasileiro, Helano Stuckert, 27 anos, formou-se em Publicidade no UniCeub, com curso complementar de Direção de Arte e Estética na Fotografia. Filho de diplomata francesa e de fotógrafo nordestino, é o 46º fotógrafo da família.
No Brasil, participou da produção de alguns filmes como diretor de fotografia e trabalhou no Núcleo de Programação Visual do Supremo Tribunal Federal, como Diretor de Arte e Webdesigner.
A vontade de conhecer o mundo o levou a estudar na Université Saint Denis Paris VII, onde fez mestrado em Criações Digitais e Multimídia. Depois, visitou doze países em três continentes, durante um ano, levando apenas uma mochila e uma câmera.
Ainda na França, fez a exposição Lignes et figures, no Centre d’Animation de Paris, com fotos captadas no interior daquele país.
Desapego e simplicidade são marcas presentes no trabalho e na vida de Helano Stuckert.
FICHA TÉCNICA DA EXPOSIÇÃO
REALIZAÇÃO: Cefor/Câmara dos Deputados
DIREÇÃO DE ARTE: Márcia Bandeira
EXPOGRAFIA: Lelo
PROJETO GRÁFICO: Patrícia Meschick
TEXTOS: Luci Afonso
MONTAGEM: DETEC / Seção de Obras / Seção de Projetos Especiais
AGRADECIMENTOS: Gráfica da Câmara / DEAPA, Serviço de Fotografia / SECOM, Seção de Obras e Seção de projetos Especiais / DETEC, Diretoria de Transportes, Equipe de Limpeza do Cefor, Equipe da COATA / CEFOR