Ponto Cego 004 – Um político deslocado

Tiririca se elegeu o segundo deputado mais votado do Brasil pelo estado de São Paulo.
Fizemos essa entrevista com ele, em seu gabinete.

O projeto de jornalismo cultural PONTO CEGO surgiu da necessidade dos artistas independentes por um espaço onde pudessem ser ouvidos, vistos e enfim reconhecidos. Por conta de um cotidiano louco, sem tempo para reflexão, a imprensa representada pelos grandes veículos de comunicação não tem capacidade de enxergar e descobrir artistas sem grandes representações, marketing, publicidade ou assessores. Por isso, a imprensa costuma basear o grau de relevância de uma matéria levando em conta o critério de produção: “Grandes produções merecem mais atenção”. Os artistas que não possuem nenhuma espécie de assessoria ficam esquecidos, ignorados. Este é o ponto cego do jornalismo cultural.

Anúncios